12 de janeiro de 2011

Superação

De origem sérvia, Nick Vujicic nasceu em Brisbane, na Austrália, em 1982. Nasceu sem braços e sem pernas. Mas o que lhe falta em membros, sobra-lhe em alegria de viver e motivação. Aos 17 anos fundou uma organização sem fins lucrativos, a Life Without Limbs, e vive de palestras motivacionais pelo mundo fora. Um exemplo de superação e optimismo.

10 comentários:

nacasadorau disse...

Olá amiga!

Já conhecia esta história fantástica de vida e visto o vídeo.
É maravilhoso!

Obrigada por mo mostrar de novo.
Beijinhos

Benjamina disse...

Olá amiga Ná

Eu também já conhecia há algum tempo, não este vídeo, mas a história de Nick. Hoje recebi um e-mail com este filme, e achei que devia partilhar.

Beijinhos e obrigada pela visita :)

Cris disse...

Es un ejemplo maravilloso que nos hace reflexionar y nos motiva a no desfallecer ante las adversidades de la vida. Besos

TERESA SANTOS disse...

Olá Benjamina,

Exemplos destes são sempre de realçar.
Primeiro pela força, o querer, a preocupação pela melhoria das condições de vida de outras pessoas também com problemas e, depois, porque nos envergonham quando desanimamos perante coisas pequeninas, coisas sem importância, "coisinhas" e, mais, quando não temos capacidade de olhar à nossa volta e dar a mão quando alguém a "estende" para nós.
Beijinho.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Também já conhecia, é de facto um exemplo de coragem e força de vontade.
Eu que digo muitas vezes que nada me mete medo, porque enquanto tiver cabecinha para pensar, mãos e pernas para me desnrascar alguma coisa hei de fazer, afinal, vendo estes exemplos é que me apercebo que afinal há quem faça mais, ainda com menos.

Manuela Freitas disse...

Olá Benjamina,
Já tinha visto o video e de facto é extrordinária a força anímica de este rapaz em ultrapassar as suas deficiências e ter a alegria de viver que tem!
Beijos,
Manuela

Benjamina disse...

Cris

É isso, uma verdadeira lição que nos demonstra, melhor do que Einstein, a relatividade da vida.

Beijos

Benjamina disse...

Teresa

Concordo, precisamos de realçar exemplos assim, e dar a devida dimensão aos obstáculos que enfrentamos, pois a dimensão real é muitas vezes inferior à que percepcionamos.

Beijinhos

Benjamina disse...

Eduardo

É de facto, admirável a coragem com que este homem superou e sublimou as suas limitações físicas.

Um abraço

Benjamina disse...

Manuela

Sem dúvida, a alegria, a força de viver que mostra, são contagiantes e fazem-nos ver as coisas de outra perspectiva.

Beijinhos