18 de março de 2010

No Parlamento Sueco

O amigo Cosimo mandou-me este vídeo. Outro modo de estar... Não serão os suecos que estão certos?

6 comentários:

Eduardo Miguel Pereira disse...

Agradeçam atitudes democráticas destas aos políticos que para isso contribuiram e entre os quais destaco o meu "idolo" político Olof Palme !

Em Portugal, isso tornou-se impossível logo praticamente à nascença da democracia, quando os designios da governação foram entregues ao mais corrupto dos políticos da altura, Dr. Mário Soares, que tinha passado os ultimos anos em exílio dourado nos corredores do poder em Paris, e que assim que lhe cheirou a poder se meteu no famoso comboio que, infelizmente, o despejou em Lisboa a tempo de se colar à revolução.

Quem nasce torto ...

manuel marques disse...

"A modéstia dá ao mérito o valor que dá à beleza um véu transparente ..."

Beijos e bom fds.

Maria Josefa Paias disse...

.
E assim o dinheiro dos contribuintes é gasto no que é de facto essencial ao funcionamento do Estado, com transparência, e com a redistribuição no campo social também justo e transparente, designadamente na EDUCAÇÃO, que é um dos nossos muitos pontos fracos.

Muito oportuno, Benjamina!

Beijinho.

Fernanda disse...

Amiga Benjamina,

Sabe? Eu cansei...
Acho que temos de Limpar muito mais este país.

Tem lá Na casa do Rau selinhos para si.
Espero que goste.
Beijinhos,

Benjamina disse...

Olá Eduardo, Manuel, Josefa e Fernando

A transparência devia ser um dos p+ilares da democracia. E a noção das proporcinalidades também. As mordomias de alguns são pagas a muito custo por muitos outros. E isso não está nada certo. A nossa democracia precisa muito de se renovar. Bom exemplo este da Suécia. Porque não aprendem?

Obrigada pela visita.
Um abraço

ecila disse...

Incrivel. Andamos (portugueses) sempre de olho nos EUA e de costas para a Europa. Quando a Europa é que tem excelentes exemplos a seguir. Acho que todos os portugueses deviam ver este video, obrigada por postares :-) (vou enviar por mail aos amigos)