8 de agosto de 2009

Raul Solnado

Raul Solnado deixou-nos hoje. A essa grande figura do teatro e da comédia portugueses, deixo aqui uma pequena homenagem. Gostaria de colocar aqui "A Guerra de 1908" com a gravação ao vivo, mas só encontrei com a voz. Muito me ri com essa cena, há quantos anos...



2 comentários:

Fada do bosque disse...

Ó pá... este foi um grande homem português.

Como eu me lembro tão bem das gargalhadas consecutivas que dei, através dos anos!
Esta comédia da guerra, foi das coisa mais cómicas e ao mesmo tempo insólita, que devo ter ouvido na vida.
Fazem falta pessoas assim, com sentido de humor e boa disposição... mas, ninguém é eterno...

Paz à sua alma. :(

Susana disse...

Estamos a perder os VERDADEIROS artistas do nosso país... antigamente havia gosto e dedicação à arte!
Agora vemos jovens com caras bonitas que aparecem numa novela ou duas e que depois nunca mais se ouve falar deles... Porque será???
O talento é um dom e não basta apenas ter uma cara bonita!!!
Os bons velhos artistas vão desparecendo e já à muito tempo que não aparece ninguém à altura deles...

Portugal ficou mais pobre sem o Raul Solnado e nunca ninguém vai poder substituir o espaço que ele deixou...