14 de setembro de 2009

Be yourself no matter what they say

Gosto deste vídeo. Gosto desta música. Gosto da mensagem. Gostaria de ir a Nova Iorque.
A música e o vídeo são de 1987. O "Englishman in New York" é Quentin Crisp.

6 comentários:

Fada do bosque disse...

Olha, tens aqui um bom exemplo do que é ser be yourself... embora me traga dissabores... mas compensa! :)
E adoro essa música!

Ferreira-Pinto disse...

Juro que apesar de haver por aí quem me apelide de Quint, nada tenho a ver com o dito Quentin! :)
Eu também gostava de ir a Nova Iorque ...

Fada do bosque disse...

Eu não Quinn.
Eu gostava de ir ao Brasil...
Nova Iorque não se pode fumar...
Desgraça!

miss s. disse...

Não tenho curiosidade nenhuma em visitar New York, agora California ou Seatle era fixe!

Ferreira-Pinto disse...

Ó FADA e tu lá precisavas de fumar em Nova Iorque, pá ... e depois, imagina que lá estávamos todos ... assim eu, tu e a Benjamina mais a Miss S ... ao fim de três dias, pegava-se, alugava-se um carro e ia-se fazer a célebre Route 66, numa de "coast to coast".

Benjamina disse...

Oh meninas Fada e Miss S., não ter curiosidade de conhecer NY???
Eu viver lá não queria, mas conhecer... quem não quer?
E ainda por cima com um convite ali do FP para atravessar os EUA na célebre 66? aproveitava-se e era de NY a LA...
Oh FP, mas não será que essa estrada não perdeu o encanto com a abertura da auto-estrada?
Digo eu, que nada disso sei, mas vi o "Cars" :)