21 de julho de 2009

Voodoo Girl

Deixo-vos com uma curta metragem em "stop-motion", baseada num poema de Tim Burton, "Voodoo Girl", realizada por uma aluna de Cinema, Sofia Alves, no âmbito de uma das disciplinas do curso. Com música de Alberto Iglesias, "Alicia vive", da banda sonora do filme "Hable Con Ella".

8 comentários:

Ferreira-Pinto disse...

Confirma-se que quem sai aos seus, não degenera!
Recordo que havia uma música chamada "Voodoo Doll" da Siouxsie and the Banshees. Também teria sido uma "bso" alternativa.

Fada do bosque disse...

Muito bem! :)
Gostei... quem vai para artes por vocação, geralmente faz sucesso!

Continua Sue, que vais pelo bom caminho! :)

Beijinhosssss

Pedro Lopes disse...

trabalho bom

posso comentar em detalhe?
não resisto, deformação prof e gosto pela animação (mais paixão)

a animação frame a frame é das coisas mais difíceis, tb se lhe chama o "cinema completo"

eu tenho tendência a ser "clássico" no sentido de ser mto parcimonioso do uso de zoom (vem com o tempo e experiência, talvez, já devo ter usado qb de zoom para perceber que invariavelmente não é vantajoso do pto de vista narrativo); e fazer zoom em stop animation é muito difícil; nos planos em que este filme tem zoom, um deles acho que se justifica, nos outros casos acho que ficaria melhor sem zoom

para a parte final do filme há pelo menos uma frame ou duas desfocadas, seria por estar em foco auto? não me parece, os problemas seriam maiores, pode ter sido um glitch;

toda a parte da banda sonora está muito boa, a música está excelente e a entoação da leitura, sendo muito boa, ainda ficaria (mais) excelente com um English nativ, mas isto sou eu nos meus perfeccionismos :-)

fica aqui um URL de um filme feito por alunos meus em stop motion
http://www.youtube.com/watch?v=fRE_kdFVy8o&feature=channel_page

dei aulas na ESTC, sempre os considerei o meu melhor público, e acho que tenho saudades daquele lugar especial

os comentários que aqui deixei são de muito pormenor, eu tenho a mania - às vezes não saudável - de olhar para o muito bom para tentar o excelente, é a essa lupa que as minhas palavras devem ser lidas

parabéns à Sofia Alves, o bichinho e gosto pela animação é um animal poético que nunca nos larga, dêem que voltas derem as voltas que a vida leve :-)

Pedro

ANA CLAUDIA MARINHO disse...

Oi Benjamina,
Passei aqui pelo se blog e gostei muito dele.

um abraço.
thau.

Benjamina disse...

Obrigada a todos pelos comentários.

E não fazia ideia de que tinha um visitante profissional da área do cinema. Obrigada ao Pedro Lopes pela "crítica" construtiva, que vai já ser transmitida à jovem autora.

E também acho que o gosto pela animação é "um bichinho" que não nos larga. Pelo menos desde os tempos do Vasco Granja na RTP.

Pedro Lopes disse...

o Vasco Granja foi o "responsável" por eu me apaixonar por cinema de animação, e em boa verdade fazer da vida pessoal e (parte da) profissional uma caminhada pelo cinema de animação; a minha tese de doutoramento foi fazer tecnologia para criar imagens e animações de carácter poético :-) eu que na altura não sabia e não escrevia poesia, e hoje não sei, ainda que almas amigas me digam que sim, e eu ache que, se sim, será como quem toca de leve, só ao de leve, poesia

Susana disse...

Só quero deixar aqui registado o grandioso orgulho que tenho na minha sobrinha... :)
Devo confessar que sempre apreciei a vossa relação entre pais e filhos e espero um dia ter a sorte de criar uma família feliz como a tua!!

O carácter forte e determinado da Sue só pode ser o reflexo da segurança familiar que tem...

Muitos parabéns à filha e especialmente à mãe!!

Beijinhos!!!

ecila disse...

Adorei :-) Os bonequinhos sao lindos, a musica, a animacao captou em beleza a essência da história (se a voz fosse substituida ficaria perfeito), mesmo muito talento!