8 de outubro de 2009

Corrupção

Encontrei este texto de Lena Casas Novas no seu blogue Portal Lena Casas Novas, com o título "brasileiros e brasileiras!". Achei-o tão deliciosamente mordaz, que não resisti a armazená-lo aqui:

"Dizem que mulher de bigode nem o diabo pode... Ando desconfiada de um cabra-macho que veio boiando desde a nascente no Maranhão até um afluente em Brasília – seu habitat. É uma espécie de marimbondo com bigode, que cospe fogo, dá até medo, ninguém pode com ele, seria então uma fêmea? Neste pântano, onde desagua todos os detritos de lavagem de dinheiro, lavagem cerebral e outras sujeiras, além deste inseto, vivem espécies de cobras venenosas, papagaios, sanguessugas e moscas brancas. Hoje, com o fenômeno desenvolvimento sustentável, eu fico preocupada com as gerações futuras, pois esses seres vivos não entrarão em extinção – um paradoxo! Mas, já que não se pode tocar no poder da natureza... seria politicamente correto abrir o local para visitação, onde todas as pessoas teriam acesso ao comportamento dos seres que se perpetuam na biodiversidade política. "

5 comentários:

Fada do bosque disse...

Este texto está demais!... e que os visados, merecem... merecem!
Aplica-se a todos os Países, ou quase, do Mundo.
Bem apanhado, mesmo! :))

A Palavra Mágica disse...

Benjamina,

E essa coisa de bigode já foi presidente do meu país.

Beijos!
Alcides

Paulo Lobato disse...

Nós por cá também temos esse bicharoco (com e sem bigode).

Benjamina disse...

Fada
Este texto está mesmo demais... gostaria mesmo que essa espécie fosse extinta, nem precisava de ficar um único exemplar em cativeiro, só se fosse empalhado :)

Alcides
Já foi presidente do seu país, tem bigode, veio do Maranhão, tem muitos familiares nos meandros da vossa política, não será também actualmente presidente do vosso senado? E não será que o nome começa com s? Quem será o bicho? Será aquele sobre que falam no twitter assim: #forasarney? Não consigo adivinhar...

Paulo Lobato
Acho que no Brasil esta fauna consegue proliferar melhor ainda do que por cá, deve ser do clima... dão-se melhor em climas mais quentes e pior em climas mais frios!
Mas por cá há também muitos, só que são um bocado mais discretos, usam melhores sistemas de camuflagem decerto...

Fada do bosque disse...

Discretos?! Boa te vai... eles dão barraca por todo o lado! :))


Beijinho :)